Considerado o empreendedor de 2017, Guilherme Paulus é o grande vencedor em serviços no Brasil

Se o assunto é competência e determinação, não há como não falar de uma das principais operadoras de turismo do Brasil, a CVC, cuja a responsabilidade de todo o sucesso é de Guilherme Paulus, que agora também está investindo pesado na área de hotelaria, com 20 unidades espalhadas pelo país. Atualmente, o empresário é responsável por 8% da operadora de turismo, tendo vendido parte dela por R$ 750 milhões reais, sendo seu valor de mercado de aproximadamente R$ 6,35 bilhões. Outro fato importante foi a transferência da companhia aérea Webjet para o Gol, por R$ 70 milhões de reais.

Com 68 anos de idade, Guilherme Paulus é presenteado com uma trajetória incrível no ramo em que atua. O seu principal foco nos últimos tempos foi o investimento em rede de hotéis, no valor de R$ 600 milhões de reais destinados ao grupo GJP, responsável por 20 hotéis que estão presentes por 11 estados do Brasil. Para o empresário, a hotelaria deve ser sinônimo de servir bem os clientes. O grupo conta com quatro tipos de bandeira, sendo elas: a Wish (5 estrelas), a Prodigy (4 estrelas), a Linx (3 estrelas) e a linha premium Saint Andrews, localizada na cidade de Gramado, no RS, considerada uma das linhas mais bem conceituadas do país, com o selo Relais & Châteaux.

A rede de hotelaria GJP, até o mês de outubro de 2017, já havia hospedado 92 mil clientes. A rede possui cerca de 1,9 mil empregados, que recebem treinamentos e todo incentivo necessário para oferecer um atendimento diferenciado no mercado. Com isso, Guilherme Paulus investiu um total de R$ 80 milhões de reais, além de ter assumido a administração do Marulhos Suítes Resort, na bela praia de Porto de Galinhas. Não é à toa que o empresário foi coroado com o prêmio de melhor hotel de golfe do Brasil pela World Golf Awards 2017, graças ao empenho e dedicação, representado pela Wish Foz do Iguaçu, no Estado do Paraná.

E é muita audácia de Guilherme Paulus investir no país em tempos de crise econômica, acreditam os especialistas. Isso porque há uma alta na carga tributária, bem como a redução do número de turistas, principalmente os estrangeiros. Dessa forma, o empresário tem um perfil arrojado, passando a ideia de que o Brasil é um país com grande potencial. Neste ano de 2018, a GJP vai inaugurar um hotel da bandeira Linx no município de Juiz de Fora, MG e, para o próximo ano, a previsão é um Linx para a cidade de Canoas, RS. Apesar de muitos questionarem a ascensão da Airbnb, empresa de hospedagem com preços mais baratos, o empresário não demonstra nenhum tipo de receio, pois não a considera como concorrente, tendo em vista que a proposta da hotelaria é oferecer comodidade ao cliente e atendimento 24h.

Vale ressaltar, ainda, que Paulus realizou a compra da B2W Viagens, relacionada à Submarino Viagens, passando assim a triplicar suas operações online, com o aumento da participação da CVC na área de turismo e negócio. Outras aquisições do empresário foram: a Rextur Advance, a Trend, o Experimento Intercâmbio Cultural e a Visual Turismo. Com efeito, foram investidos cerca de R$ 1 bilhão de reais, e todas juntas prometem movimentar R$ 10 bilhões de reais anuais, transportando mais de 9 milhões de pessoas. O empresário aponta o Brasil como o país de oportunidades e sempre está de olho em novos negócios.